sábado, 5 de abril de 2008

Matemáticamente cantando

Antes de irmos para férias, em Matemática falamos na estatística. Como a minha cabeça não pára, comecei logo a ter umas ideias para um trabalho. Como gosto bastante de fado fiz uma estatística sobre a duração de algumas músicas do mais recente CD da Ana Moura.Primeiro arranjei as durações das músicas que queria. Mas como a minha imaginação gosta de me dar trabalhinho, lembrei-me de fazer a estatística em 3D.Que grande trabalheira.Tive de andar a medir os tubinhos para representar o tempo e depois uma parte, também muito difícil, montar tudo no lugar.Desde dedos cheios de cola e muita risota o trabalho até que ficou muito giro.Bem no primeiro dia de aulas levei o trabalho para o apresentar.Mostrei a estatística e o livro que vinha a acompanhar o trabalho em 3D. Nesse livro tinha registos sobre o que é a moda a média aritmética etc. E os exemplos eram dados com os valores tirados por mim. Como o trabalho era sobre fado, a professora pediu que eu cantasse para acompanhar o trabalho, e como não podia deixar de ser filmou. Aqui esta o meu trabalho acompanhado com uma música cantada por mim.



2 comentários:

3za disse...

Adorei! Atenção apenas às gralhas:
Matematicamente não tem acento
A palavra Matemática tem É
Músicas tem acento

Medir em vez da gralha Maedir

Média aritmética sem E (escreveste aritEmética)

Está em vez de esta (no fim: aqui esta)

beijinhos!!!!

EMD disse...

Ah fadista!
Pois é... a imaginação dá sempre uma grande trabalheira...
Mas também dá muito prazer quando, com persistência, conseguimos realizar o sonho, não dá?
Parabéns!
P.S.:Quanto às gralhas, segue o conselho da tua professora de Matemática: escreve no word e depois copias para o blog.